Como a lei da oferta e da procura pode impactar seu caixa?

Todos os dias somos bombardeados com informações sobre o mercado financeiro, em muitas delas é comum vermos o termo “lei da oferta e da procura”.

Mas afinal, você sabe o que é isso? Imagina como essa “lei” pode impactar seu fluxo de caixa?

Se a resposta para ambas às perguntas for “NÃO” ou se ainda restam dúvidas sobre o assunto, você precisa ler este conteúdo da Casa de Factoring até o final.

 

Afinal o que é a Lei da Oferta e da Procura?

Trata-se de um termo criado há muito tempo, logo após a ascensão do capitalismo no mundo.

De forma geral, a lei da oferta e da procura são fatores determinantes da economia de mercado. Isso porque, há uma necessidade no mercado de que a demanda seja igual à oferta para que haja um equilíbrio econômico entre os preços de um produto/

serviço.

Imagine situações simples, como por exemplo, no inverno as roupas de verão tendem a diminuir de preço, assim como no verão as roupas de inverno também sofrem queda em seus valores. Essas diminuições nos preços tem uma explicação simples: a demanda caiu.

E há situações contrárias, em que a demanda cresce e com isso os preços também.

É basicamente assim que funciona a lei da oferta e da procura.

O problema é: poucos empresários se lembram que determinados tipos de produtos tendem a sofrer mais com a oferta e outros com a procura, principalmente aqueles que estão sujeitos a condições adversas, como é o caso da agricultura (por conta das condições climáticas).

Agora, você deve estar se perguntando, como isso pode impactar seu caixa, continue lendo que você descobrirá!

 

Como a lei da oferta e da procura pode impactar seu caixa?

Existem diversas situações para exemplificar como a lei da oferta e da procura podem impactar diretamente no seu caixa, dentre os quais:

  • Durante a greve dos caminhoneiros (em 2018) houve uma escassez de gasolina em diversos postos de combustíveis, por consequência, o preço subiu e os donos dos postos tiveram um impacto em seus caixas. Isso aconteceu porque a oferta era menor que a procura;
  • Empreendimentos que vendem material escolar é outro exemplo clássico desta lei, durante o período que antecede o início das aulas o preço de diversos produtos é maior do que em outras épocas do ano, justamente por a procura aumentar;
  • Um supermercado pequeno, localizado em uma região em que se produz tomate (por exemplo), em determinadas épocas há um excesso do produto nas prateleiras e em outras uma escassez, isso faz com que haja uma variação constante no preço do produto.

 

Em todas as situações acima a lei da oferta e da procura é o que determinou o preço final do produto.

A situação ideal é que oferta e a procura sejam iguais, mas nem sempre isso acontece, e é justamente nisso que essa lei de mercado pode impactar seu caixa.

Desta forma, é preciso se preparar para as situações em que a demanda caia e aproveitar quando ela subir. Em ambas as situações o caixa da empresa terá alterações, que podem ser positivas e negativas.

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e conte-nos como seu negócio sofre com a oferta e demanda.

Adicionar comentário