financiameto para mei

Financiamento Para MEI | As Possibilidades de Expandir Seu Negócio

Um dos maiores benefícios de se formalizar como microempreendedor individual é que, nessa condição, o empreendedor com CNPJ passa a ter algumas vantagens de empresa, como por exemplo o financiamento para MEI.

Um dos maiores problemas enfrentados pelo trabalhador informal é conseguir verba para expandir ou melhorar seu negócio. Com a legalização da pessoa jurídica o empresário pode conseguir financiamentos e empréstimos dos mais diversos tipos em bancos.

O MEI – Micro Empreendedor Individual é um modelo de negócio muito conhecido no Brasil. Sucesso desde o seu lançamento, permite pequenos empreendimentos se legalizarem recebendo um CNPJ como todas as empresas. Podem com isso fazer muitas coisas que os empresários de uma SA ou Ltda também podem.

Ter um CNPJ permite à empresa ter uma conta em seu nome. Isso é uma enorme vantagem em negociação com alguns clientes que não aceitam pagar em conta pessoa física temendo problemas futuros. Também podem ter cartão de crédito com linha própria, ajudando o empresário a organizar melhor suas finanças.

Abrir uma conta em banco com movimentação e declaração de ganhos, possibilidade um financiamento para MEI, com uma linha de crédito específica para pessoa jurídica.

Como há bens envolvidos na empresa e um capital inicial declarado, há uma maior possibilidade da instituição financeira receber o valor de volta. Por isso costumeiramente os juros são mais baixos para pessoa jurídica.

financiameto para mei

Financiamento para MEI

A regra bancária é bem simples: quem tem mais dinheiro pode pegar mais dinheiro emprestado, porque possui mais chances de pagar. Não faz sentido para alguns porque quem precisa é quem tem menos, mas também aumenta as chances de calotes. As instituições financeiras são bem receosas em crédito pessoa jurídica pensando se podem receber de volta ou não o empréstimo.

Os bancos pensam no micro empreendedor como um negócio em ascensão. Pode dar certo ou errado e por isso as linhas de crédito são mais baixas. Em contrapartida oferecem juros mais baixos também porque são convidativos. Enquanto um empréstimo pessoal pode chegar a 11% de juros, para um MEI pode chegar a meros 4,5 ou até menos.

Os valores liberados de financiamento para MEI podem ser baixos de início, mas aumentar com o tempo. Depende do empresário honrar seu compromisso com as parcelas e mais linhas surgem com juros mais em conta.

Caixa, Banco do Brasil e BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento), por serem bancos públicos, são os que mais investem em financiamento para MEI com juros bem em conta.

Mas nos privados também há linhas específicas visando atrair este tipo de cliente com um número cada vez mais crescente em contas pessoa jurídica.

Cartão BNDES para MEI

O MEI não apenas pode ter o Cartão BNDES como também tem direito a todos os benefícios de um CNPJ. E para o MEI é até mais fácil obter o cartão BNDES, de certa forma, já que há um limite para o faturamento anual bruto de até R$90 milhões, valor do qual o MEI está bem longe.

Há algumas limitações quanto ao ramo de atividade, mas pelo MEI também ter que se enquadrar no SIMPLES, é pouco provável que seja recusado o direito ao benefício.

Para obter o cartão BNDES, o MEI precisará está em dia com a seguinte documentação:

  • Certidão Conjunta de Débitos Relativos a Tributos Federais e à Dívida Ativa da União ou de Certidão Conjunta Positiva com Efeitos de Negativa de Débitos relativos a Tributos Federais e à Dívida Ativa da União, expedida pela Secretaria da Receita Federal e pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (www.receita.fazenda.gov.br);
  • CND – Certidão Negativa de Débito (Previdenciária) expedida pela Secretaria da Receita Federal;
  • Certificado de Regularidade do FGTS (www.caixa.gov.br);
  • Declaração, na qual ateste, em síntese, que está com a sua situação regularizada perante os órgãos públicos e a legislação pertinentes, conforme modelo disponível no menu “Regras” do Portal de Operações do Cartão BNDES (www.cartaobndes.gov.br).

Mas antes de obter o cartão do BNDES com o objetivo de solicitar um financiamento para MEI, precisa abrir uma conta para Pessoa Física em um dos seguintes bancos:

  • Banco do Brasil;
  • Banrisul;
  • Bradesco;
  • BRDE;
  • Caixa;
  • Itaucard;
  • SICOOB.

Se você já tem sua conta Pessoa Física em um destes bancos, basta conversar com seu gerente sobre a documentação necessária para mudar sua conta para empresarial ou abrir uma nova conta de pessoa jurídica.

financiameto para mei

Geralmente, você precisará levar o Comprovante de Inscrição e de Situação cadastral obtido no site da Receita Federal e o Certificado da Condição de Microempreendedor Individual, obtido também no site da Receita Federal, além de documentos de Identidade e comprovantes de Residência.

Para quem está procurando um empréstimo ou financiamento para MEI com melhores condições, a cooperação técnica entre o BNDES e o Sebrae é uma ótima notícia. De qualquer forma, também é válido considerar outra opção: as cooperativas financeiras.

As instituições cooperativas desse ramo são parte do Sistema Financeiro Nacional e oferecem serviços e produtos financeiros similares aos de bancos comuns (inclusive contas para pessoas jurídicas). Só que, em uma cooperativa, você é um dos donos do negócio (um associado com uma ou mais cotas de participação).

Ou seja, você pode participar das decisões democraticamente e também das sobras (que correspondem ao lucro) da instituição. Isso porque as cooperativas não têm fins lucrativos e repartem as sobras com todos os associados conforme suas participações.

Além de tudo, por não visarem lucro, as cooperativas conseguem cobrar taxas de juros bem menores que os bancos comuns. E como você é um associado, o acesso ao crédito pode ser muito mais facilitado.

Caixa Federal e Financiamento para MEI

O MEI é um excelente formado de empresa para quem trabalha por conta própria. O empreendedor precisa fazer um cadastro no Portal do Empreendedor para conseguir usufruir de financiamento voltado para MEI.

O banco Caixa econômica federal solicita este credenciamento e somente depois o empreendedor pode ter acesso ao pacote voltado para MEI.

O microcrédito caixa pode ser uma boa opção de concessão de crédito, pois oferece as menores taxas de juros. A Caixa oferece uma linha de crédito voltada para empreendedores de micro e pequenos negócios que desejam iniciar uma atividade própria ou expandir a que já possui. Além disso, há uma série de benefícios que a Caixa oferece quando o empresário procura o banco solicitando este serviço.

O microcrédito é o acesso a um recurso financeiro pequeno, de até R$ 15 mil, voltado para quem quer abrir um negócio ou para quem já possui um micro ou pequeno empreendimento. Este serviço é voltado para aqueles que já enfrentam muitas dificuldades para conseguir as opções de créditos tradicionais.

O micro empreendedor pode solicitar este serviço pelo telefone ou ainda entrando no site e preenchendo o formulário. Após, o Orientador de Crédito vai até o local do seu empreendimento e fará um levantamento para saber a situação atual do seu negócio e sua capacidade de pagamento na obtenção de um financiamento para MEI.

Ele consegue ver de que forma a solicitação deste empréstimo pode trazer bons resultados com o investimento correto do dinheiro. Logo, este serviço irá facilitar a obtenção dos recursos necessários para o pequeno empreendedor.

financiameto para mei

Como Obter Crédito na Caixa Federal

Entre os requisitos da solicitação de financiamento para MEI, é necessário que o microempreendedor tenha: 18 anos ou mais, precisa ser correntista da instituição por pelo menos 90 dias e o CPF precisa estar regularizado.

O bom neste caso é que o banco não solicita a comprovação de renda (crédito com mais facilidade e menos burocracia) e não precisa de avalista. Assim, este processo já se torna menos burocrático.

Os valores liberados no crédito para microempreendedores da caixa econômica é de R$ 300 a R$ 15 mil, de acordo com cada cliente. Já as taxas de juros são a partir de 2,9 %, mas depende de casa situação.

Sendo assim, a principal vantagem para quem tem MEI está justamente nos juros. As instituições fornecem taxas de juros bem menores para empreendedores dessa categoria.

E o prazo para pagamento do empréstimo é de 04 a 24 meses, sendo que para a primeira contratação, o prazo é de até 12 meses para pagar. Neste caso, verifique bem as condições antes de assinar o contrato para ver se irá conseguir se organizar e pagar o serviço depois.

Outra dica é que antes de pensar em pedir um financiamento para MEI, é muito importante que você tenha bem definido para onde esse dinheiro vai. Não adianta querer solicitar o serviço se você não conseguiu definir bem o que vai fazer com ele.

E mesmo assim é bom estar bem definido até para o orientador de crédito liberar o dinheiro. Então analise a situação da empresa e de que forma esse crédito futuramente trará retorno é fundamental.

É bom saber que antes de fazer a solicitação você deve realmente verificar a necessidade de pedir esse tipo de empréstimo no banco. O “crédito microempreendedor caixa econômica” é voltado para o seu negócio, portanto o banco vai pedir mais esclarecimentos sobre o seu planejamento e os benefícios para seu negócio.

Ai neste caso não vale a pena mentir ou omitir informações, isso apenas pode deixar a sua ficha suja junto ao banco. Lembrando que a Caixa econômica é um dos bancos que apresentam essa opção de linha de crédito, mas não deixe de pesquisar e comparar as ofertas de crédito que outras instituições oferecem.

Mesmo sendo uma boa opção, apenas alguns bancos oferecem essa linha de crédito e o valor oferecido é pequeno comparado com créditos tradicionais.

 

Adicionar comentário