Melhoria de fluxo de caixa – 5. Como melhorar o fluxo de caixa da sua empresa!

Para ter uma melhoria de fluxo de caixa, a tarefa para se conseguir o controle financeiro do empreendimento acaba sendo uma atividade complexa para diversos empreendedores, principalmente para aqueles que se lançaram há pouco tempo no mercado.

Assim, uma forma bastante eficaz de conseguir driblar as dificuldades e conseguir deixar as contas em ordem é realizar o fluxo de caixa, sendo essa uma ferramenta importante que é usada para contabilizar as movimentações financeiras da organização em um certo período.

Com isso, no fluxo de caixa, você passa a informação das entradas e das saídas dos valores, como os dados de controle das contas que você tem a pagar e a receber, além das vendas, das despesas, saldos de aplicações e estimativas.

Saiba mais sobre a melhoria de fluxo de caixa

Sobre a melhoria de fluxo de caixa, vale lembrar sempre que tal processo é fundamental para o crescimento da empresa, onde ao acompanhar mais de perto todas as receitas e despesas, se consegue fazer o cálculo melhor de custos e do volume de compras, além de garantir o capital de giro.

É possível ainda com o fluxo de caixa, melhorar e definir as datas para o pagamento, recebimento e a retirada de lucros e pró-labore, identificando quando se deve realizar promoções e outras ações importantes de marketing.

Normalmente, quando se identifica as sobras ou faltas no caixa, consegue fazer um melhor planejamento das ações, tanto para se ter os recursos como lidar com os imprevistos ou ainda fazer o investimento em melhorias, o que garante um excelente desempenho para sua empresa.

Dicas de melhoria de fluxo de caixa

Agora que você já tem um pouco de entendimento sobre para que serve o fluxo de caixa, vale a pena você conferir algumas dicas para que você seja capaz de melhorar a ferramenta no seu empreendimento. Confira!

  • É importante realizar uma apuração dos dados todos os dias, onde o acompanhamento das movimentações financeiras é realizadas em qualquer período, no entanto, o ideal é que a coleta de dados seja feita todos os dias.
  • É importante que se invista em um programa de gestão, onde o fluxo de caixa seja realizado manualmente ou através de programas de planilhas, porém é preciso lembrar que tal processo é bastante trabalhoso e complexo, além de demandar tempo e esforços que acabam sendo desnecessários para o empreendedor.
  • É essencial ainda sempre ter um plano B para conseguir lidar com a sazonalidade, pois as empresas normalmente possuem picos de demanda que possuem dificuldades para se manter o fluxo de caixa regular em períodos de baixa.
  • Vale a pena ainda realizar o incentivo do pagamento rápido e fugir das inadimplências, sendo essa uma das preocupações inerentes a gestão de uma empresa, procurando saber que existe um custo fixo para se manter o negócio.
  • É importante manter um estoque mais organizado, pois quando se tem uma grande variação de produtos, isso pode ser um prejuízo, especialmente se as mercadorias se encontram estagnadas há tempos.
  • Por fim, deve-se sempre verificar o seu preço, pois quando as contas começam a chegar, muitas vezes é devido aos custos terem aumentados, e o mesmo não ocorre com o preço dos seus serviços e produtos.

Você gostou de todas as dicas de melhoria de fluxo de caixa, então busque sempre ter em mente que é essencial ter disciplina para fazer a coleta e análise dos dados do fluxo de caixa, pois com essas informações pode-se revelar a diferença entre o previsto e o realizado, o que irá lhe ajudar a administrar o seu empreendimento.

Adicionar comentário