O que é Fomento Mercantil?

Para empresas de pequeno e médio porte, a ideia de adotar um Fomento Mercantil pode ser bem interessante, principalmente diante de um cenário financeiro tão hostil como o que o Brasil enfrenta nos últimos anos.

Essa é uma estratégia geralmente adotada por empresas que estão, de alguma forma, passando por dificuldades financeiras. E para conseguir continuar com os negócios, e dar continuidade ao trabalho elas procuram meios de capitalizar o negócio.

Se você quer entender mais sobre o que é Fomento Mercantil, e quer saber como essa estratégia financeira pode lhe auxiliar, vamos explicar tudo com calma e clareza. Continue lendo, e descubra se essa é a solução para a sua empresa.

Entendendo o Fomento Mercantil

Se você fizer uma pesquisa sobre Fomento Mercantil, também encontrará muitos artigos usando o termo “factoring”. Trata-se de uma operação financeira que visa angariar verbas para a empresa em dificuldades.

Para isso, o empresário vende os seus direitos creditórios à outra empresa, e obtém o valor que precisa para manter o funcionamento do negócio.

  • O que são os direitos creditórios?

Quando falamos em direitos creditórios, nos referimos a tudo aquilo que é derivado de valores que a empresa ainda tem para receber. Por exemplo, parcelas de cartão de crédito, ou cheques para descontar, aluguéis, etc.

O empresário pode então vender esses valores, e receber um montante à vista para arcar com as despesas mais urgentes. Essa transação é absolutamente legal, e pode ser a mais barata para fugir das dívidas, já que não acarretará em juros – como seria o caso de um empréstimo.

Em que situação o Fomento Mercantil pode ser útil?

O Fomento Mercantil pode acontecer em diferentes situações. O mais comum é que uma empresa entre em dívidas por conta dos insumos de produção de seus produtos e serviços que são vendidos em pagamento parcelado.

  • Exemplo:

Um cliente comprou uma jaqueta. Aquela jaqueta já foi produzida, e o dinheiro com ela já foi gasto. No entanto, o pagamento será parcelado, e até que o valor integral seja pago, pode haver um déficit financeiro.

O que o Fomento Mercantil faz é vender o valor que ainda está por vir em troca de um pagamento a vista para arcar com as despesas. Assim, você vende o que está para receber em troca de um dinheiro imediato.

Quando usar o fomento mercantil?

A hora certa de apostar em Fomento Mercantil é quando as contas apertam. Você terá a possibilidade de desafogar um pouco, e ver um dinheiro sobrar. Mas também é uma boa ideia para quem quer fazer novos investimentos.

  • Vou receber o valor integral?

É importante saber que ao vender as suas parcelas para uma empresa de Fomento Mercantil acontecerá um pequeno desconto percentual ao valor que você está negociando.

No entanto, como dissemos antes, é um valor muito menor se comparado, por exemplo, aos juros cobrados para um empréstimo bancário. Por isso essa ainda é uma alternativa mais interessante para quem precisa de dinheiro imediato, e tem muitas parcelas a receber.

Muitas empresas de pequeno e médio porte tem utilizado o Factoring para conseguir organizar as contas. Essa é uma prática corriqueira no mercado financeiro.

Mas se você ainda tem dúvidas sobre o tal Fomento Mercantil, leia o artigo que preparamos sobre “Por que Factoring é melhor que Banco?”, e fique ainda mais por dentro desse assunto.

O Fomento Mercantil pode mesmo se a solução para a sua empresa. Analise as possibilidades, e obtenha um valor imediato para organizar as suas despesas, e investir em seu negócio.

Adicionar comentário