Orçamento Base Zero

Orçamento Base Zero: Descubra tudo sobre

Ao abrir uma empresa, é necessário observar alguns indicadores fundamentais para conseguir começar as atividades com o planejamento necessário e o máximo de eficiência possível. E quando falamos de questões financeiras, isso é fundamental.

Isso porque seu negócio pode ter as melhores soluções, uma ideia inovadora, ter toda a estruturação necessária, mas se a gestão orçamentária estiver deficitária, sua empresa irá passar por problemas severos.

Um dos indicadores fundamentais nessa fase é o Orçamento Base Zero. Já ouviu falar nele? Continue lendo e tire suas dúvidas sobre esse assunto.

O conceito de Orçamento Base Zero

O conceito de Orçamento Base Zero diz respeito ao momento no qual você está realizando a análise desse parâmetro, ou seja, é quando você está começando do zero, sem comparação com dados anteriores.

Em muitos casos ou você não tem, realmente, essas informações. Em outros, diante de uma reestruturação, é fundamental começar os processos do zero (como em uma revisão orçamentária), para que possa observar com maior objetividade.

Dessa forma, você precisa levantar todas as despesas e justificá-las, antes que possa acrescentá-las no orçamento inicial.

Ao formular esse tipo de indicador, você pode trazer seus colaboradores, não sendo necessário deixar isso a cargo apenas dos gestores do negócio. Na verdade, isso é até fundamental, pois eles listarão todas as despesas que fazem parte da organização. A partir disso, é possível observar quais são os pontos que podem ser cortados e otimizar a gestão financeira do seu negócio.

Isso o diferencia consideravelmente do Orçamento Tradicional. Isso porque esse último analise os dados do ano anterior e realiza os ajustes necessários. Já o Base Zero precisa levantar informação por informação, buscando estratégias para identificar as despesas que podem ser cortadas.

Os objetivos do Orçamento Base Zero

Um dos primeiros e principais objetivos do Orçamento é conseguir observar os pontos nos quais consegue reduzir gastos, observando pontos nos quais há gargalos e desperdícios que podem acarretar em problemas futuros para seu negócio.

Uma das principais diretrizes do Orçamento Base Zero é: se a despesa não traz algum benefício para sua empresa ou se a despesa externa concerne a algo que pode ser feito internamente, então é hora de exclui-la do seu orçamento.

Isso é importante para identificar a origem de cada gasto do seu orçamento, bem como a entrada de capital. Também é um parâmetro fundamental para definir o orçamento de cada um dos departamentos, de acordo com as despesas fixas que cada um tenha.

Vantagens do Orçamento Base Zero

O Orçamento Base Zero é fundamental, principalmente, para as pequenas empresas. Em um período inicial, é fundamental contar com toda a otimização financeira possível. Ele oferece a possibilidade de observar os gastos internos com cuidado e atenção, tendo um maior controle sobre cada um deles.

Além disso, permite ter um maior controle sobre as despesas de cada departamento, verificando suas necessidades, o que pode ser enxugado, de forma a manter uma empresa mais eficiente com uma gestão de custos mais otimizada.

Além disso, podemos acrescentar como vantagens:

  • as decisões serão embasadas de acordo com as necessidades da sua empresa;
  • há eliminação de desperdícios;
  • você consegue trabalhar com Lean Office em seu negócio;
  • há um estímulo à criação de alternativas;
  • redução de erros no controle financeiro;
  • busca-se uma visão holística da organização, entre outros.

Ao analisar o Orçamento Base Zero, o gestor tem um maior conhecimento da organização como um todo, algo extremamente desejável nas empresas atualmente.

Tem alguma dúvida sobre este conceito? Mande nos comentários e responderemos a você!

Adicionar comentário