Soluções para a Gestão Contábil no Varejo

A gestão contábil é uma ferramenta indispensável para um bom funcionamento da empresa, dado que através de sua aplicação torna-se possível compreender as principais informações de nível financeiro, permitindo deste modo que haja conhecimento a respeito do que precisa ser trabalhado visando melhor aproveitamento empresarial.

Realizar a manutenção adequada das necessidades de uma empresa de pequeno porte já se dá como uma tarefa complexa e quando o negócio tem o foco em comércio varejista o nível de dificuldade para contemplar todo o preciso para o sucesso torna-se ainda maior.

O sujeito que trabalha gerindo um comércio de varejo conta com responsabilidades que vão desde o atendimento ao cliente, o controle de produtos, o marketing e cada uma das áreas envolvidas, assim como a contabilidade do negócio.

Dentre os pormenores que envolvem o gerenciamento contábil de varejo inclui-se o encontrar soluções para as problemáticas que podem estar envolvidas neste aspecto. Ainda que no primeiro momento gerir um negócio maior possa parecer o mesmo que o fazer em menor nível de complexibilidade, as dificuldades podem tornar-se maiores, porém felizmente as soluções não são tão complexas, ainda que eficientes.

Dentre as possíveis problemáticas oriundas de uma gestão inadequada se cita, por exemplo, uma estrutura inadequada de controle financeiro em geral e o baixo controle de estoque.

Neste primeiro caso é imprescindível que seja formado um planejamento voltado especificamente para esta questão. Para tanto, uma solução seria a contratação de um profissional específico para este fim, caso o dono do negócio não tenha tempo disponível para tanto ou não um profissional da área.

Possuir no quadro de funcionários um sujeito habilitado a trabalhar e planejar os gastos da empresa, assim como compreender quanto dinheiro a mesma está rendendo, é uma ferramenta importante para compreender o andamento do negócio e permitir que exista a possibilidade de crescimento.

Do mesmo modo, é interessante possuir alguém responsável para controlar os materiais que a empresa possui, especialmente se tratando de algo em larga escala, como é o caso do comércio varejista. Este controle, usualmente feito com a apresentação de planilhas, auxilia diretamente no lucro da empresa.

As planilhas auxiliam na representação do material que foi gasto, assim como do que se deu sobressalente, e podem apresentar-se posteriormente como gráficos periódicos, os quais permitem que seja observado o movimento destes dentro da empresa.

É através deste controle que se torna possível compreender qual é necessidade de compras da empresa, uma vez que se obterá uma média de quanto do produto é vendido em determinado período. Do mesmo modo, torna-se compreensível o período de intervalo necessário entre estas compras, evitando gastos desnecessários e as fazendo conforme a necessidade da empresa.

O controle adequado do estoque permite por consequente melhor gestão contábil da empresa, dado que evita gastos desnecessários, assim como gastos inesperados, no caso da falta do produto. Além disso, observa-se que levanta a possibilidade de auxílio no lucro, o qual pode ser revertido positivamente para a empresa.

Fazer uso de contabilidade digital também pode ser uma opção viável, uma vez que os processos envolvidos tornam-se mais rápidos, o que auxilia na lucratividade, além de facilitar questões pertinentes à escrituração dos bens utilizados no negócio através do uso das notas fiscais eletrônicas.

Além destas problemáticas, as quais são as que mais se mostram presentes, observa-se ainda que um gerenciamento inadequado quanto ao preço dos produtos pode gerar resultados negativos para a empresa. É imprescindível que exista uma atenção específica neste quesito, permitindo equilíbrio entre o preço que é repassado ao consumidor, quanto à empresa pagou por este e o valor recebido de lucro.

Uma solução para tanto, assim como as problemáticas anteriores, é uma gestão atenta que mantém registros constantes das margens de lucro, visando que se mantenham de modo a proporcionar um cliente satisfeito, assim como lucro para a empresa.

Desse modo, embora as problemáticas sejam variadas, observa-se que de modo geral uma boa gestão contábil conta, sobretudo com um quadro de profissionais qualificados para fazer um controle conciso de cada um dos aspectos que envolvem o negócio oferecido.

Uma gestão contábil adequada permite ao dono compreender como funcionam as despesas envolvidas em sua manutenção, evitar possíveis fraudes que envolvam o nome da mesma, compreender quais são as melhores linhas de crédito e formas para carga tributária a depender da situação atual, além de permitir maior ajuste quanto a distribuição de lucros e visar uma melhora constante dos resultados.

Investir em uma equipe de qualidade para cuidar da empresa é investir em crescimento e lucratividade. Ao constituir um grupo ou contar com um profissional de qualidade que cuide adequadamente da gestão contábil do negócio aumentam as oportunidades para o mesmo, dado que este fator é o centro dos movimentos da empresa, permitindo que se trabalhe o necessário para que a empresa prospere.

Comente suas dúvidas sobre gestão contábil! Conte-nos o que achou dessas dicas.

Adicionar comentário